sábado, 16 de dezembro de 2017

isso transborda feito lama escura

isso transborda feito lama escura
saindo pelas grades de um buei
ro percorre quilômetros de rua
expondo estrume e vômito de bêbado
transborda pela boca feito a dor
no silêncio de gritos calejado
e sangue que escorrega pelo corpo
até a lama escura no sapato
e a lama escura na calçada até
o asfalto e o que há debaixo até raízes
de palmeiras e a fôrma de concreto e
a escuridão enorme e enrijecida
onde a noite transborda feito la
ma escura sem ter ânsia de amanhã

Nenhum comentário:

Postar um comentário