domingo, 3 de junho de 2018

Quatro haikais

Silêncio noturno.
Até os grilos lá fora
Já foram dormir.

***

Casal de lagartos
Correndo pela calçada.
Som de folhas secas.

***

Quase anoitecendo.
Silhueta na baía
Dos mais de cem mastros.

***

Brisa repentina.
Uma aranha no seu fio
Balança assustada.

Nenhum comentário:

Postar um comentário